PSOL Santos

[PSOL pede instalação de comissão para analisar impeachment de Temer]
Início | Notícias | Ação Parlamentar

PSOL pede instalação de comissão para analisar impeachment de Temer

Partido pediu agilidade na indicação dos nomes dos deputados que deverão analisar o pedido de impedimento contra o presidente em exercício Michel Temer.

A bancada do PSOL se reuniu, nesta quarta-feira (6), com o presidente interino da Câmara dos Deputados, Waldir Maranhão, e pediu agilidade na indicação de deputados para compor uma comissão especial para analisar a admissibilidade do pedido de impeachment do vice- presidente da República, Michel Temer, com base em suposto crime de responsabilidade por edição de créditos suplementares sem autorização do Congresso em 2015, quando assumiu interinamente a presidência da República. Esse é um dos motivos que levaram a Casa a aceitar o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff.

O líder do PSOL, deputado Ivan Valente (SP), frisou que a instalação da comissão especial já foi determinada por meio de liminar do Supremo Tribunal Federal e que o atraso desrespeita decisão judicial. "Isso poderia constituir prevaricação do presidente (interino da Câmara) porque, se os líderes não indicam (os membros), o presidente deve nomear de ofício. Isso já aconteceu na CPI dos Bingos do Senado Federal. É cumprimento de decisão judicial", destacou.

A assessoria da presidência da Câmara reiterou a resposta que Waldir Maranhão dera, na terça-feira (5), a uma questão de ordem (QO 201/16) feita pelo deputado Glauber Braga (PSOL-RJ). Na ocasião, Maranhão argumentou que não há "inércia" da presidência da Câmara, que já cumpriu a decisão judicial de criar a comissão especial e de notificar os líderes a indicar os integrantes.

Na reunião com Maranhão, nesta quarta, o PSOL também pediu a prorrogação da CPI do Carf por um mês, e não apenas por 15 dias como o Plenário aprovou nesta terça.

Fonte: www2.camara.leg.br
[Voltar ao topo]